Canadá anunciam testes de vacina contra Covid-19 em humanos – Olhar Digital

Mais uma vacina contra Covid-19 est pronta para testes com voluntrios humanos. Agora, a vez do Canad se juntar ao grupo de pases que se entraram na fase de testes clnicos de uma soluo capaz de gerar humanidade contra o coronavrus, em experimentos conduzidos pelo Centro Canadense de Vacinologia (CCfV) da Universidade Dalhousie, de Halifax.

Como anunciou o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau, os testes sero desenvolvidos em parceria com uma empresa chinesa de biotecnologia, a CanSino, que desenvolveu o projeto de vacina batizado de Ad5-nCoV.

O Ad5-nCoV utiliza uma tcnica comparable da vacina desenvolvida por Oxford, descrita pelo Olhar Digital neste hyperlink. Ela consiste na utilizao de um vrus modificado em laboratrio para no ser capaz de infectar humanos. Seu exterior revestido com a protena “Spike”, que d ao coronavrus o seu formato de coroa e essential para que ele seja capaz de injetar seu materials gentico nas clulas para causar infeco e poder se replicar, como explica Scott Halperin diretor do CCfV ao website canadense CBC.

Os pesquisadores esperam que, dando ao organismo an opportunity de entrar em contato com a protena em um vrus incapaz de causar danos, o sistema imunolgico pode desenvolver os anticorpos adequados para anular uma infeco actual de Covid-19 se ela vier a acontecer.

Como acontece em todos os testes de vacina, os experimentos sero feitos por etapas. Na primeira delas, os pesquisadores buscam entender a segurana do composto e qual dosagem tem mais probabilities de oferecer benefcios e minimizar riscos. Por isso, nesta fase, o grupo de testes pequeno: apenas 100 pessoas com boa sade, com idade variando entre 18 e 55 anos. Se for constatado que a vacina segura, pessoas mais velhas podero ser includas.

Na sequncia, na fase 2, eles buscaro mais 500 participantes, com uma faixa etria mais ampla, de 18 a 85 anos. nesta etapa que os cientistas esperam ver se os participantes desenvolvem a resposta imunolgica esperada. Os voluntrios sero acompanhados de perto por um perodo de seis meses, nos quais devero se apresentar regularmente para exames de sangue para acompanhar seus anticorpos. Eles tambm precisaro manter um dirio de sintomas, para analisar possveis efeitos colaterais desenvolvidos no perodo.

Se os nmeros forem positivos aps a fase 2, a etapa seguinte deve entrar em andamento entre o fim do terceiro trimestre e incio do ltimo trimestre de 2020. Neste momento definitivo, os pesquisadores esperam ver se a vacina realmente protege os voluntrios do vrus quando expostos a ele, e, se os resultados forem os esperados, a produo em massa pode comear, mas essa fase mais demorada. No entanto, a agncia de sade canadense pode, se julgar necessrio, aprovar uma licena de emergncia para que a vacina possa ser aplicada antes da concluso da fase 3.

Confira em tempo actual a COVID-19 no Brasil:

News Reporter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

X