Médico diz como doença do beijo pode ser evitada no carnaval – Gazetaweb.com

A doena transmitida de maneira semelhante gripe

FOTO: istock

O carnaval comea daqui a oito dias em todo o Brasil. Para brincar com segurana, os folies devem estar atentos para no pegar mononucleose, conhecida como doena do beijo, cujo risco de infeco cresce nessa poca.

uma doena infectocontagiosa, causada por um vrus, de caractersticas clnicas brandas, que provocam um quadro de febre, mal-estar com adenomegalias, isto , gnglios principalmente ao redor do pescoo e dor de garganta.

“A doena causada pelo vrus Epstein-Barr (VEB), de fcil transmisso de pessoa a pessoa. Por isso, ela conhecida como doena do beijo”, disse hoje (13) o mdico da Secretaria de Estado de Sade do Rio de Janeiro (SES), sanitarista Alexandre Chieppe.

Esclareceu que, na verdade, a doena no transmitida pelo beijo em si, mas por contato ntimo com secrees respiratrias de uma pessoa infectada. ” esse contato ntimo que faz a transmisso do vrus que causa a doena” afirmou.

O beijo uma forma de contato ntimo, que facilita a propagao do vrus. A doena transmitida de maneira semelhante gripe, ao resfriado comum, pelo contato com secrees de pessoas contaminadas. “E, s vezes, no s pelo contato direto com secrees. Pode ser pelo contato indireto, atravs de superfcies contaminadas em que a pessoa coloca a mo, leva a mo boca, mucosa dos olhos ou do nariz e a pode haver infeco”, explicou.

O mdico explicou que a grande maioria das pessoas transmite a mononucleose em sua forma aguda. O grande problema das doenas infectocontagiosas que, na sua fase inicial, elas so muito semelhantes.

Os sintomas clnicos so muito difceis de serem diferenciados no estgio inicial, explicou Chieppe. Da a recomendao para que a pessoa procure um servio de sade e faa uma avaliao inicial, com acompanhamento mdico.

“A mononucleose no uma doena grave, na maioria das vezes. Mas pode ser confundida com outras doenas que podem ser graves”, alertou. Essa doena no costuma ser grave em pessoas que tm o sistema imunolgico preparado.

Como toda doena de transmisso respiratria, h medidas de precauo que devem ser adotadas, entre as quais, lavar as mos com frequncia, utilizar lcool gel nas mos, cobrir a boca e o nariz ao espirrar para evitar que as secrees expelidas entrem em contato com o ambiente e evitar locais de grande aglomerao pouco ventilados.

“So medidas que ajudam a prevenir as doenas de transmisso respiratria. Obviamente, so aliadas. Junto a isso, uma vez com os sintomas da doena, a pessoa deve procurar ajuda mdica at para poder descartar doenas mais graves”, sugeriu o mdico.

Ele observou que carnaval sempre existiu, da mesma forma que mononucleose. Por isso, no meio da euforia, cada pessoa deve avaliar o risco, sabendo que as doenas respiratrias podem ser transmitidas pelo contato ntimo. A dica que cada um tome a sua deciso informado dos riscos e das possibilidades de transmisso de doena.

“Mas que aproveite o carnaval com os cuidados necessrios, de modo a evitar doenas de transmisso respiratria e outras doenas sexualmente transmissveis, como HIV (sigla em ingls do vrus da imunodeficincia humana), sfilis e as hepatites virais transmitidas por contato sexual” disse.

Chieppe afirmou, ainda, ser recomendvel que utenslios de uso pessoal, como pratos, talheres e copos no sejam compartilhados com outras pessoas. A razo para isso que muitas das doenas infectocontagiosas podem ser transmitidas, inclusive, por pessoas que, s vezes, no apresentam sintomas de doena nenhuma. Da a sugesto para, sempre que possvel, evitar compartilhamento de objetos pessoais com amigos e com o maior nmero de pessoas. “Isso, obviamente, aumenta o risco de transmisso de doenas infectocontagiosas”, concluiu o sanitarista.

J a infectologista Flvia Cunha Gomide afirmou que os sintomas da doena costumam perdurar de duas a quatro semanas. Esclareceu que “no h um tratamento especfico para a doena do beijo. Geralmente, so indicados repouso e medicamentos que amenizam os sintomas”.

Segundo a mdica, ter hbitos saudveis, fazer exerccios, boa alimentao e horas adequadas de sono aumentam a resistncia do folio para se defender contra infeces no carnaval.

Para comentar na página você deve estar logado. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Copyright Zitub.com 2020