Realme, OnePlus e outros juntam-se à Aliança de Transferência de Ficheiros AirDrop da Xiaomi – Pplware

O AirDrop é um serviço de partilha de ficheiros through Wi-Fi, desenvolvido pela Apple, que está disponível nos seus sistemas operativos. Esta tecnologia visa substituir as transferências por Bluetooth que são usadas ainda hoje por muitos dispositivos. Esta tecnologia traz vantagens face ao método “regular” e mais marcas querem um sistema parecido. Assim, em agosto do ano passado, a Xiaomi anunciou uma “Inter-Switch Alliance” para permitir a transferência de ficheiros tipo AirDrop entre os fabricantes de smartphones que participaram na aliança.

Já no mês de julho de 2019, a Google largava o Android Beam e adotava o Quick Share, a app de partilha de ficheiros do Android idêntica ao AirDrop.

Imagem Aliança Xiaomi Inter-Transferências


‘);
}else{doc.write(‘

‘);
}//–>

AirDrop à moda da Xiaomi

Inter-Switch Alliance é um programa que visa criar tecnologia de transferência de ficheiros “parecida” ao que a Apple usa para o AirDrop. O programa tinha anteriormente três membros, a Vivo, a Oppo e a própria Xiaomi. Contudo, hoje, a aliança “inter-transferência” está a acolher quatro novos membros – OnePlus, Realme, Meizu e Black Shark.

De acordo com a informação disponibilizada pela Xiaomi, sete membros a bordo significa que mais de 400 milhões de utilizadores podem fazer a transferência de ficheiros entre bandas.

Imagem Fast Share da Google

Imagem da tecnologia Quick Share a ser lançada pela Google na próxima versão Android

 

Qual é a razão da Xiaomi ter criado esta “Aliança de Inter-transferência”?

O objetivo da Xiaomi é ter um único sistema de transmissão de ficheiros para os poder partilhar entre diferentes fabricantes de smartphones. O sistema não utiliza dados da Web, mas é baseado em Bluetooth, semelhante à forma como funciona o AirDrop do iPhone. O sistema adota um protocolo de transmissão rápida ponto-a-ponto móvel.

A Xiaomi diz que o sistema de transferência suporta todos os tipos de formatos de ficheiros, tais como fotos, vídeos, música e documentos. Além disso, esta tecnologia também elimina a necessidade de instalar um sistema de terceiros, como o SHAREit. Segundo a Xiaomi, consome menos bateria e pode oferecer velocidades de transferência de até 20 MB/s.

A funcionalidade já está disponível para os utilizadores Xiaomi, Oppo e Vivo, mas irá estender-se no próximo mês também aos proprietários do OnePlus, Realme e outros fabricantes chineses de smartphones.

Os novos membros da aliança inter-transferência ainda não anunciaram quando a funcionalidade chegará aos seus respetivos dispositivos Android.

 

Mas como funciona esta tecnologia?

O sistema de transferência de ficheiros sem fios proporciona uma experiência móvel simplificada que não requer ligação à Web. Utiliza Bluetooth para o emparelhamento rápido e tecnologia WiFi P2P (Peer to Peer) para a transferência de dados, reunindo uma ligação instantânea, estável e de alta velocidade entre dispositivos, bem como um baixo consumo de energia.

Esta tecnologia proporciona uma velocidade média de transferência de 20 MB/s. Além disso, a tecnologia WiFi P2P não interrompe a ligação WiFi, o que significa que os utilizadores permanecem ligados e podem continuar as suas atividades no dispositivo durante a transferência de ficheiros.

 

Leia também:

News Reporter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

X